Seguidores

terça-feira, 16 de julho de 2013

Um conto emocionante...


Na Romênia, um homem dizia sempre a seu filho:
- Haja o que houver, eu sempre estarei a seu lado.

 

Houve, nesta época um terremoto de intensidade muito grande, que quase alisou as construções lá existentes nesta época. Estava nesta hora este homem em uma estrada.
Ao ver o ocorrido, correu para casa e verificou que sua esposa estava bem, mas seu filho nesta hora estava na escola.
Foi imediatamente para lá.
 
E a encontrou totalmente destruída. Não restou, uma única parede de pé. Tomado de uma enorme tristeza. Ficou ali ouvindo, a voz feliz de seu filho e sua promessa(não cumprida), "Haja o que houver, eu estarei sempre a seu lado".
Seu coração estava apertado e sua vista apenas enxergava a destruição. A voz de seu filho e sua promessa não cumprida, o dilaceravam.
Mentalmente percorreu inúmeras vezes o trajeto que fazia diariamente segurando sua mãozinha. O portão (que não mais existia); corredor. Olhava as paredes, aquele rostinho confiante. Passava pela sala do 3º ano , virava o corredor e o olhava ao entrar.
 Até que resolveu fazer em cima dos escombros, o mesmo trajeto. Portão, corredor, virou a direita e parou em frente ao que deveria ser a porta da sala. Nada! Apenas uma pilha de material destruído. Nem ao menos um pedaço de alguma coisa que lembrasse a classe. Olhava tudo desolado.

 E continuava a ouvir sua promessa:

"Haja o que houver, eu sempre estarei com você".

 E ele não estava... Começou a cavar com as mãos. Nisto chegaram outros pais, que embora bem intencionados, e também desolados, tentavam afastá-lo de lá dizendo:
- Vá para casa. Não adianta, não sobrou ninguém.

- Vá para casa.

 Ao que ele retrucava:

- Você vai me ajudar?

 
Mas ninguém o ajudava, pouco a pouco, todos se afastavam. Chegaram os policiais, que também tentaram retirá-lo dali, pois viam que não havia chance de ter sobrado ninguém  com vida.
Existiam outros locais com mais esperança. Mas este homem não esquecia sua promessa ao filho, a única coisa que dizia para as pessoas que tentavam retirá-lo de lá era:

- Você vai me ajudar?

 

Mas eles também o abandonavam. Chegaram os bombeiros, e foi a mesma coisa...
- Saia daí, não está vendo que não pode ter sobrado ninguém vivo?
Você ainda vai por em risco a vida de pessoas que queiram te ajudar pois continuam havendo explosões e incêndios.

Ele retrucava:

- Você vai me ajudar?

- Você esta cego pela dor não enxerga mais nada.

- Você vai me ajudar?

 

Um a um todos se afastavam. Ele trabalhou quase sem descanso, apenas com pequenos intervalos, mas não
se afastava dali. 5h / 10h / 12h / 22h / 24h / 30h.
Já exausto, dizia a si mesmo que precisava saber se seu filho estava vivo ou morto.
Até que ao afastar uma enorme pedra, sempre chamando pelo filho ouviu:
- Pai... Estou aqui!

 

Feliz fazia mais força para abrir um vão maior e perguntou:
- Você esta bem?

- Estou. Mas com sede, fome e muito medo.

- Tem mais alguém com você?

- Sim, da classe, 14 estão comigo estamos presos em um vão entre dois pilares.

- Estamos todos bem.

 Apenas conseguia ouvir seus gritos de alegria.
- Pai, eu falei a eles: Vocês podem ficar sossegados, pois meu pai irá nos achar.
- Eles não acreditavam, mas eu dizia a toda hora...
- Haja o que houver meu pai, estará sempre a meu lado.
- Vamos, abaixe-se e tente sair por este buraco.
- Não! Deixe-os saírem primeiro...
- Eu sei; que haja o que houver...
- Você estará me esperando!
(desconheço autoria)

 

 
 
É ISSO, AMIGOS(as)... LINDO CONTO!!! NÃO DUVIDEMOS JAMAIS DA SOLICITUDE DO NOSSO PAI...DEUS!
 

Uma semana de muitas surpresas, sonhos realizados, esperança, fé e momentos de felicidade!
Um abraço.
Nice.

16 comentários:

  1. A esperança sempre procura alguém que a escute. Lindo conto!

    ResponderExcluir
  2. Nice querida,
    Que bonito conto! Um belo exemplo de persistência e fé!
    É preciso manter a esperança viva em nosso coração.
    Um beijo com carinho e fique com Deus!

    ResponderExcluir
  3. BELO E EMOCIONANTE, AMIGA!E UM INCENTIVO PARA NUNCA PERDERMOS A FÉ NO NOSSO PAI MAIOR !!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Lindo conto,bem trazido e bem reflexivo! bjs prainos,chica

    ResponderExcluir
  5. Maravilhoso, emocionante! Duas coisas que nunca podem faltar a fé e a esperança.
    Beijos.
    Élys.

    ResponderExcluir
  6. OI NYCE!
    EMOCIONANTE, DEU PARA ENCHER OS OLHOS DE LÁGRIMAS, A FÉ REMOVE ONTANHAS E ESCOMBROS TAMBÉM...
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Muito linda essa história. Assim é você Nice, sempre está com os amigos, mesmo que eles se afastem por problemas. Não é mesmo amiga? Obrigada por você não desistir de mim e estar sempre procurando o meu blog. Um beijão. Fique com Deus.

    ResponderExcluir
  8. Nyce emocionante a história, tocou-me fundo, além de nos mostrar que o Pai nunca nos abandona, nós que com pouca fé abandonamos nossos sonhos, nossos ideais, nossas esperanças, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  9. Eu preciso apenas de um abraço teu,
    nesse dia tão especial para mim.
    Penso que à minha volta nada muda, compete a nós
    todas as mudanças para cada dia sermos
    um pouco mais felizes.
    Lembre-se, Deixe marcas de amor por onde passar
    tenha certeza cedo ou tarde colherá os frutos
    daquilo , que semeou no longo da sua vida.
    Dê amor , carinho, seja fiel às suas amizades
    Leve no coração o maior sentimento ,
    Aquele que tem o poder de mover o mundo.
    A fé e a esperança de um mundo de amor e paz.
    Mesmo que por vezes me sinta mais velho,
    esse é o momento de praticar aquilo , que
    Deus traçou para cada um de nós.
    Na postagem deixei uma lembrança para você.
    Beijos ! Deus está contigo e comigo
    Evanir..
    Deixei um mimo na postagem fique a vontade para
    pegar.
    Feliz Dia Do Escritor.

    ResponderExcluir
  10. Me emocionei...
    Obrigada por isso. Eu sei que meu Pai nunca me abandonará.
    Que sua semana seja cheia de bênçãos, assim como esse texto que me proporcionou.

    Abração esmagador.

    ResponderExcluir
  11. Maravilhoso essa reflexão Nyce.
    Confiar no pai é caminhar sem ter medo do abismo.O Pai jamais no abandonara.

    Beijos queridona!
    Ótima noite!

    Passa la tem atualização!

    ResponderExcluir
  12. Simplesmente linda a história, quando existe laços familiares fortes, milagres acontecem.
    Obrigada pelas palavras de conforto que deixaste no meu blog.
    Abraços.Sandra

    ResponderExcluir
  13. Tempo di vacanze per me. Un felice agosto a Te ... ciao

    ResponderExcluir
  14. Olá minha querida Nice,
    Passando para deixar meu abraço, meu carinho e desejar boas vibrações de paz e luz para ti.
    Saudades... Espero que estejas bem.
    Bjsss

    ResponderExcluir