Seguidores

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Dia dos namorados...não seria todo dia???


Conta a lenda...

Era uma vez uma ilha, onde moravam os seguintes sentimentos: a alegria, a tristeza, a vaidade, a sabedoria, o amor e outros. Um dia avisaram para os moradores desta ilha que ela ia ser inundada. Apavorado, o amor cuidou para que todos os sentimentos se salvassem; ele então falou: - Fujam todos, a ilha vai ser inundada. Todos correram e pegaram seu barquinho, para irem a um morro bem alto. Só o amor não se apressou, pois queria ficar um pouco mais na ilha. Quando já estava se afogando, correu para pedir ajuda. Estava passando a riqueza e ele disse: - Riqueza leve-me com você. Ela respondeu: - Não posso, meu barco está cheio de ouro e prata e você não vai caber. Passou então a vaidade e ele pediu: - Oh! Vaidade leve-me com você. - Não posso você vai sujar o meu barco. Logo atrás vinha a tristeza. - Tristeza, posso ir com você? — Ah! Amor estou tão triste que prefiro ir sozinha. Passou a alegria, mas estava tão alegre que nem ouviu o amor chamar por ela. Já desesperado, achando que ia ficar só, o amor começou a chorar. Então passou um barquinho, onde estava um velhinho. - Sobe amor que eu te levo. O amor ficou tão radiante de felicidade que se esqueceu de perguntar o nome do velhinho. Chegando ao morro alto onde estavam os sentimentos, ele perguntou à sabedoria: - Sabedoria, quem era o velhinho que me trouxe aqui? Ela respondeu: - O tempo. - O tempo? Mas, por que só o tempo me trouxe aqui? - Porque só o tempo é capaz de ajudar e entender um grande amor.
(desconheço autoria...)
 
 
 
 
Temos vários hábitos, costumes que ao longo dos anos, ficam impregnados nas nossas vidas...
No Brasil o mês do amor é junho. Mas no resto do mundo, é no Valentine’s Day, dia 14 de fevereiro, que os apaixonados comemoram o seu dia. Por que essa diferença?
A teoria mais conhecida para a celebração do Valentine's Day, ou Dia de São Valentim, tem origem no Império Romano. Explica-se. Era 270 a.c, e o imperador romano Claudius II havia proibido o casamento durante as guerras, pois acreditava que os solteiros eram melhores soldados. O bispo Valentim, indignado com a decisão do imperador, continuou a celebrar os casamentos escondido. Mas acabou preso e condenado à morte.
E foi na prisão, enquanto esperava sua execução, que o bispo encontrou o seu amor. Ela era Asterius, a filha cega do seu carcereiro. E diz a lenda que Valentim, milagrosamente, conseguiu recuperar a visão de Asterius.
Em sua despedida, antes de ser morto, o bispo deixou uma carta para sua amada, e assinou como "seu Valentim". Daí surgiu a expressão "from your valentine" ("de seu valentim"), muito usada nos Estados Unidos. Valentim acabou virando São Valentim pelo suposto milagre e o dia de sua execução, 14 de fevereiro, se tornou o Dia dos Namorados ao redor do mundo.
 


 
Há quem diga, no entanto, que o dia dos namorados nasceu dos festejos romanos de Lupercalia, no qual era costume escrever nomes de meninas em pedaços de papel e colocar em um frasco. Cada mocinho escolhia um papel e a menina sorteada seria sua namorada. Outros dizem que o dia 14 de fevereiro era o primeiro dia de acasalamento dos passarinhos e por isso os enamorados deixavam bilhetes cheios de amor na porta de suas amadas.
 
Dia dos Namorados no Brasil
No Brasil, a história não é tão romântica. Ao contrário do que se acredita, 12 de junho não é Dia dos Namorados por ser a véspera da celebração do nosso santo casamenteiro, o Santo Antônio. E sim porque junho era considerado o pior mês para as vendas no comércio!
Pensando nisso, em 1949, o publicitário João Dória, da agência Standard Propaganda, a pedido da loja Clipper, criou o slogan "Não é só de beijo que vive o amor", transformando o dia do amor no dia de dar presentes. A mudança foi um sucesso estrondoso no comércio e está aí até hoje.
 
 
Independente de datas, comemorações, dias especiais, que possamos valorizar os bons sentimentos...
Que o amor seja sempre o sentido da nossa vida...não apenas o amor dos namorados, mas de forma mais ampla, real, total...verdadeira! Com namorado(a) ou sem, que nos enamoremos pela vida, que é plena e merece ser vivida intensamente! Sejamos felizes! Isso é que importa!
 
 
 
 

13 comentários:

  1. É verdade amiga, o amor é a essência da vida!
    Nada tem sentido, tem valor, se não tivermos amor no coração!
    Está maravilhosa sua homenagem aos namorados!
    Mensagem linda e reflexiva!
    Que o seu Dia seja especial, repleto de amor e felicidade!
    Beijo com carinho.

    ResponderExcluir
  2. Não sei por onde começar!!! Adorei a lenda, não conhecia, os gatos estão maravilhosos, a postagen onde descreves os vossos hábitos.... tudo está maravilhoso!!!!
    Feliz dia amiga
    anacosta

    ResponderExcluir
  3. Linda postagem! O amor deve ser celebrado todos os dias. Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Olá amigos!
    Caso vocês tenham livros destes autores e queiram doá-los, por favor mandem para a Biblioteca Municipal Prof. José Vieira, em Machado-MG. Muito obrigado!!!
    Endereço:
    Rua Major Feliciano, 199
    Centro
    37750-000
    Machado-MG
    machadocultural@gmail.com
    ------------------------------------------------------
    Autores da Literatura Brasileira e Estrangeira

    Adolfo Caminha
    Agatha Christie
    Alexandre Dumas
    Alexandre Herculano
    Aluísio Azevedo
    Antoine de Saint Exupery
    Antônio Alcântara Machado
    Bernardo Guimarães
    Camilo Castelo Branco
    Carlos Drumond de Andrade
    Clarice Lispector
    Daielle Steel
    Dolores Palá
    Dante
    Eça de Queiros
    Eleannor H. Porter
    Érico Veríssimo
    Euclides da Cunha
    Fernando Sabino
    Graciliano Ramos
    Guimarães Rosa
    Harold Robbins
    Harriet Beecher
    Humberto Campos
    J.J.Benitez
    J.K. Rolwling
    Jean Pierre Davidts
    Jô Soares
    Jonathan Swift
    Jorge Amado
    José Cândido de Carvalho
    José de Alencar
    José Lins do Rego
    José Mauro Vasconcelos
    Josué Monteiro
    Júlio Diniz
    Julio Verne
    Lima Barreto
    Luiz da Câmara Cascudo
    Luiz da Câmara de Carvalho
    Lygia Fagundes Teles
    Machado de Assis
    Machado de Assis
    Malba Tahan
    Manuel Antônio de Almeida
    Maria Dezonne Pacheco Fernandes
    Mark Twain
    Monteiro Lobato
    Nora Roberts
    Paulo Coelho
    Paulo Freire
    Raquel de Queiroz
    Roberto Drumond
    Rubem Alves
    Sidney Sheldon
    Vinícius de Moraes
    Visconde de Taunay
    Vítor Hugo
    William Shakespeare

    ALMANAQUE ABRIL 2013
    DICIONÁRIOS (Inglês, Francês, Alemão, Espanhol)

    ResponderExcluir
  5. Muito boa a postagem não sabia do São Valentim muito legal ainda bem que ele foi a favor do amor.

    ResponderExcluir
  6. O amor deve ter lugar de destaque todos os dias e ser sempre regado! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  7. Bem interessante contar história do dia dos namorados e como disse deveria ser todo dia!!
    Abraços.Sandra

    ResponderExcluir
  8. Oi, Nice.
    Adorei a sua mensagem do Dia dos namorados. Já conhecia o Valentine's Day, mas não conhecia a sua historia.
    Quanto ao Dia dos namorados aqui no Brasil, infelizmente o comercio soube como se dar bem.
    Um grande abraço e muito obrigada pelo carinho de sua presença em meu espaço.

    ResponderExcluir
  9. Oi Nyce querida, adorei essa lenda e também saber sobre o dia dos namorados.
    O amor deve ser celebrado todos os dias, porque datas são criadas pelos homens e seus interesses mas sentimentos devem ser cultivados todos os dias.
    Abençoado domingo pra ti, beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá Nyce,

    Adoro essa historia dos sentimentos.
    Datas são criadas para o comércio faturar alto. Sentimento, amor tem ser regado todos os dias pra dar bons frutos. O Amor é que ilumina a vida.

    Beijos querida.
    A postagem esta maravilhosa.

    ResponderExcluir
  11. O amor nos faz viver, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  12. Olá amiga!!
    Passando para deixar um beijinho
    anacosta

    ResponderExcluir
  13. Oi Nice!
    Boa postagem! Nos meus vôos pelos blogs, o que mais li sobre a explicação de 14 de Fevereiro era mesmo a proibição dos casamentos, ainda não tinha lido sobre os papeizinhos com nomes e o acasalamento.
    Sobre o Brasil, foi isso mesmo. Acredito que como é em todas as datas (dia das mães, dos pais, das crianças...). Pode reparar que é uma por mês, uma forma de impulsionar o comércio a ter uma renda extra.

    Como disse, que o amor seja sempre difundido amplamente, não só nas datas específicas!

    Abração esmagador e linda tarde.

    ResponderExcluir