Seguidores

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Não desanime...

Não desanime de você, ainda que a colheita de hoje não seja muito feliz.

Não coloque um ponto final nas suas esperanças. Ainda há muito o que fazer, ainda há muito o que plantar, e o que amar nessa vida.

Ao invés de ficar parado no que você fez de errado, olhe para frente, e veja o que ainda pode ser feito...

A vida ainda não terminou. E já dizia o poeta "que os sonhos não envelhecem..."

Vai em frente. Sorriso no rosto e firmeza nas decisões

terça-feira, 28 de junho de 2011

Vossos filhos...

~ Os Filhos ~
(Do Livro "O Profeta")
Uma mulher que carregava o filho nos braços disse: "Fala-nos dos filhos."
E ele falou:
Vossos filhos não são vossos filhos.
São os filhos e as filhas da ânsia da vida por si mesma.
Vêm através de vós, mas não de vós.
E embora vivam convosco, não vos pertencem.
Podeis dar-lhes vosso amor, mas não vossos pensamentos,
Porque eles têm seus próprios pensamentos.
Podeis abrigar seus corpos, mas não suas almas;
Pois suas almas moram na mansão do amanhã,
Que vós não podeis visitar nem mesmo em sonho.
Podeis esforçar-vos por ser como eles, mas não procureis fazê-los como vós,
Porque a vida não anda para trás e não se demora com os dias passados.
Vós sois os arcos dos quais vossos filhos são arremessados como flechas vivas.
O arqueiro mira o alvo na direção do infinito e vos estica com toda a sua força
Para que suas flechas se projetem rápidas e para longe.
Que vosso encurvamento na mão do arqueiro seja vossa alegria:
Pois assim como ele ama a flecha que voa,
Ama também o arco que permanece estável.
(Khalil Gibran)

Espera e confia...

Espera e Confia

Eis a dupla singular:

Escora que nos descansa:

Servir sem desanimar,

Nunca perder a esperança.


Se sofres, serve e confia,

Não te queixes, nem te irrites.


Espera. A bênção de Deus

É proteção sem limites.



Autor: Meimei
Psicografia de Chico Xavier. Livro
: Cura
 

Feliz terça feira...

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Vende-se...

Vende-se Tudo...
 
No mural do colégio da minha filha
encontrei um cartaz escrito por uma mãe, avisando que estava vendendo tudo o
que ela tinha em casa, pois a família voltaria a morar nos Estados Unidos.
O cartaz dava o endereço do bazar e o horário de atendimento. Uma outra mãe,
ao meu lado, comentou:
- Que coisa triste ter que vender tudo que se tem. Ai que pena!!
- Não é não, respondi, já passei por isso e é uma lição de vida.

Morei uma época no Chile e, na hora de voltar ao Brasil, trouxe comigo
apenas umas poucas gravuras, uns livros e uns tapetes.. O resto vendi tudo, e
por tudo entenda-se: fogão, camas, louça, liquidificador, sala de jantar,
aparelho de som, tudo o que compõe uma casa.

Como eu não conhecia muita
gente na cidade, meu marido anunciou o bazar no seu local de trabalho e
esperamos sentados que alguém aparecesse. Sentados no chão. O sofá foi o
primeiro que se foi. Às vezes o interfone tocava às 11 da noite e era alguém
que tinha ouvido comentar que ali estava se vendendo uma estante.
Eu convidava pra subir e em dez minutos negociávamos um belo desconto. Além
disso, eu sempre dava um abridor de vinho ou um saleiro de brinde, e lá se
iam meus móveis e minhas bugigangas. Um troço maluco: estranhos entravam na
minha casa e desfalcavam o meu lar, que a cada dia ficava mais nu, mais sem alma.

No penúltimo dia, ficamos só com o colchão no chão, a geladeira e a tevê. No
último, só com o colchão, que o zelador comprou e, compreensivo, topou
esperar a gente ir embora antes de buscar. Ganhou de brinde os travesseiros..

Guardo esses últimos dias no Chile como o momento da minha vida em que
aprendi a irrelevância de quase tudo o que é material.. Nunca mais me apeguei
a nada que não tivesse valor afetivo. Deixei de lado o zelo excessivo por
coisas que foram feitas apenas para se usar, e não para se amar.

Hoje me desfaço com facilidade de objetos, enquanto que torna-se cada vez
mais difícil me afastar de pessoas que são ou foram importantes, não importa
o tempo que estiveram presentes na minha vida.... Desejo para essa mulher que
está vendendo suas coisas para voltar aos Estados Unidos a mesma emoção que
tive na minha última noite no Chile. Dormimos no mesmo colchão, eu, meu marido e minha filha, que na época tinha
2 anos de idade. As roupas já estavam guardadas nas malas. Fazia muito frio.
Ao acordarmos, uma vizinha simpática nos ofereceu o café da manhã, já que
não tínhamos nem uma xícara em casa.

Fomos embora carregando apenas o que havíamos vivido, levando as emoções
todas: nenhuma recordação foi vendida ou entregue como brinde. Não pagamos
excesso de bagagem e chegamos aqui com outro tipo de leveza.

....
 só possuímos na vida o que dela pudermos levar ao partir
É melhor refletir e começar a trabalhar o DESAPEGO JÁ !

Martha Medeiros

Deus abençoe os amigos!!!

AMIZADE
Pela amizade que você me devota,
por meus defeitos que você nem nota...

Por meus valores que você aumenta,
por minha fé que você alimenta...

Por esta paz que nós nos transmitimos,
por este pão de amor que repartimos...

Pelo silêncio que diz quase tudo,
por este olhar que me reprova mudo...

Pela pureza dos seus sentimentos,
pela presença em todos os momentos...

Por ser presente, mesmo quando ausente,
por ser feliz quando me vê contente...

Por este olhar que diz:
"Amigo, vá em frente!"

Por ficar triste, quando estou tristonho,
por rir comigo quando estou risonho...

Por repreender-me, quando estou errado,
por meu segredo, sempre bem guardado...

Por seu segredo, que só eu conheço,
e por achar que apenas eu mereço...

Por me apontar pra DEUS a todo o instante,
por esse amor fraterno tão constante...

Por tudo isso e muito mais eu digo:

Deus te abençoe meu amigo(a).
(desconheço a autoria, mas é muito lindo!!!)

Paz!!!

terça-feira, 21 de junho de 2011

Obrigada filha amada!!!

  •          "Mesmo que tivesse em minhas mãos todo o
    ·         perfume das rosas, toda a beleza do céu,
    ·         toda a pureza dos anjos, toda a inocência das
    ·         crianças, toda a grandeza do mar,
    ·         toda a força das ondas...
    ·          Mesmo que eu tivesse todas as coisas belas da vida
    ·         e todos os belos lugares do mundo nada teria
    ·         sentido se eu não tivesse o presente mais valioso,
    ·         mais nobre e mais sagrado que Deus pode me dar...”
    ·          Teu amor,tua amizade, teu carinho,
    ·          tua presença em minha vida!!!
    ·         Eu só tenho a agradecer a Deus,
    ·         Por você existir linda filha!!!"
    ·         Muito obrigada!!!
     

segunda-feira, 20 de junho de 2011

domingo, 19 de junho de 2011

Chovendo em Bagé!!!

Chuva Chuva, caindo tão mansa,
Na paisagem do momento,
Trazes mais esta lembrança
De profundo isolamento.

Chuva, caindo em silêncio
Na tarde, sem claridade...
A meu sonhar d'hoje, vence-o
Uma infinita saudade.

Chuva, caindo tão mansa,
Em branda serenidade.
Hoje minh'alma descansa.
— Que perfeita intimidade!...
)
 
    in "Paisagem"

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Eu estou aprendendo...

Eu aprendi...
...que ignorar os fatos não os altera;

Eu aprendi...
...que quando você planeja se nivelar com alguém, apenas
 esta permitindo que essa pessoa continue a magoar você;

Eu aprendi...
...que o AMOR, e não o TEMPO, é que cura todas as feridas;

Eu aprendi...
...que ninguém é perfeito até que você se apaixone por essa pessoa;

Eu aprendi...
...que a vida é dura, mas eu sou mais ainda;

Eu aprendi...
...que as oportunidades nunca são perdidas;
 alguém vai aproveitar as que você perdeu.

Eu aprendi...
...que quando o ancoradouro se torna amargo
 a felicidade vai aportar em outro lugar;

Eu aprendi...
...que não posso escolher como me sinto,
 mas posso escolher o que fazer a respeito;

Eu aprendi...
...que todos querem viver no topo da montanha,
mas toda felicidade e crescimento ocorre quando você esta escalando-a;

Eu aprendi...
...que quanto menos tempo tenho, mais coisas consigo fazer.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Bom dia!!!

Pense nisso!!!


"O dia está na minha frente esperando para ser o que eu quiser. E aqui estou eu, o escultor que pode dar forma a este dia."




Somente nós temos o poder da decisão!
Você já decidiu pela felicidade?

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Viva!!!

Pequenos gestos...

Pequenos Gestos

É curioso observar como a vida nos oferece resposta aos mais variados questionamentos do cotidiano... Vejamos:

A mais longa caminhada só é possível passo a passo...
O mais belo livro do mundo foi escrito letra por letra...
Os milênios se sucedem, segundo a segundo...
As mais violentas cachoeiras se formam de pequenas fontes...
A imponência do pinheiro e a beleza do ipê começaram ambas na simplicidade das sementes...
Não fosse à gota e não haveria chuvas...
O mais singelo ninho se fez de pequenos gravetos e a mais bela construção não se teria efetuado senão a partir do primeiro tijolo...
As imensas dunas se compõem de minúsculos grãos de areia...

Como já refere o adágio popular, nos menores frascos se guardam as melhores fragrâncias...
É quase incrível imaginar que apenas sete notas musicais tenham dado vida à "Ave Maria", de Bach, e à "Aleluia", de Hendel...

O brilhantismo de Einstein e a ternura de Tereza de Calcutá tiveram que estagiar no período fetal e nem mesmo Jesus, expressão maior de Amor, dispensou a fragilidade do berço...

... Assim também o mundo de paz, de harmonia e de amor com que tanto sonhamos só será construído a partir de pequenos gestos de compreensão, solidariedade, respeito, ternura, fraternidade, benevolência, indulgência e perdão, dia a dia...

Ninguém pode mudar o mundo, mas podemos mudar uma pequena parcela dele:

esta parcela que chamamos de "Eu".

Não é fácil nem rápido...

Mas vale a pena tentar! Sorria!!!

(Desconheço autoria, mas é lindo, real...)

sábado, 11 de junho de 2011

Uma mulher madura que...

"Sou uma mulher madura
Que às vezes anda de balanço
Sou uma criança insegura
Que às vezes usa salto alto
Sou uma mulher que balança
Sou uma criança que atura!"

(Que possamos nos dar o direito de ser um pouco de tudo isso...mas seguras do que queremos e firmes nos sonhos que acalentamos...)

Pedaços de mim...

PEDAÇOS DE MIM

Eu sou feito de
Sonhos interrompidos
detalhes despercebidos
amores mal resolvidos

Sou feito de
Choros sem ter razão
pessoas no coração
atos por impulsão

Sinto falta de
Lugares que não conheci
experiências que não vivi
momentos que já esqueci

Eu sou
Amor e carinho constante
distraída até o bastante
não paro por instante


Tive noites mal dormidas
perdi pessoas muito queridas
cumpri coisas não-prometidas

Muitas vezes eu
Desisti sem mesmo tentar
pensei em fugir,para não enfrentar
sorri para não chorar

Eu sinto pelas
Coisas que não mudei
amizades que não cultivei
aqueles que eu julguei
coisas que eu falei

Tenho saudade
De pessoas que fui conhecendo
lembranças que fui esquecendo
amigos que acabei perdendo
Mas continuo vivendo e aprendendo.
Martha Medeiros 
Essa mensagem da Matha, diz um pouco daquilo que muitas vezes queremos dizer...
Ou estou enganada??

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Pense nisso...

Aqueles que examinaram
a mente humana observaram que,
qualquer que seja o objeto de sua paixão,
você está, na verdade, procurando por Deus.

Lembrando OSHO...

“Sempre permaneça aventureiro.
Por nenhum momento se esqueça de que
a vida pertence aos que investigam.
Ela não pertence ao estático;
Ela pertence ao que flui.
Nunca se torne um reservatório,
sempre permaneça um rio.”

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Vale a pena ler...(conhecida história...)

A força do amor.

        
Como qualquer mãe, quando Karen soube que um bebê estava a caminho, fez todo o possível para ajudar o seu filho, Michel , com três anos de idade, a se preparar para a chegada da menina que os exames já mostravam que era. Todos os dias Michel cantava perto da barriga da mãe. Ele já amava a sua irmãzinha antes mesmo dela nascer. A gravidez se desenvolveu normalmente.
         No tempo certo, vieram as contrações. Primeiro, a cada cinco minutos, depois a cada três minutos, então a cada minuto uma contração. Entretanto, surgiram algumas complicações e o trabalho de parto de Karen demorou horas. Todos discutiam a necessidade provável de uma cesariana.
         Até que, enfim, depois de muito tempo, a irmãzinha de Michel nasceu. Só que ela estava muito mal. Com a sirene no último volume, a ambulância levou a recém nascida para a UTI neonatal.
         Os dias passaram, a menininha piorava, o medico disse aos pais, “Preparem-se para o pior, há poucas esperanças”. Karen e seu marido começaram então, os preparativos para o funeral.
         Alguns dias atrás estavam arrumando o quarto para esperar o novo bebê, hoje, os planos eram outros.
         Enquanto isso, Michel  todos os dias pedia aos pais para que o levasse para conhecer a sua irmãzinha. “Eu quero cantar pra ela” dizia ele. A segunda semana de UTI entrou e esperava-se que o bebê não sobrevivesse até o final dela.
         Michel continuava insistindo com os pais para que o deixassem cantar para a sua irmã, mas crianças não eram permitidas na UTI. Entretanto, Karen decidiu, que levaria Michel ao hospital de qualquer jeito. Ele ainda não havia visto a irmã, e se não fosse hoje, talvez não a visse viva.
         Ela vestiu Michel com uma roupa um pouco maior, para disfarçar a idade, e rumou para o hospital.
         A enfermeira não permitiu que ele entrasse e exigiu que ela o retirasse dali. Mas Karen insistiu: “Ele não irá embora até que veja sua irmãzinha” . Ela levou Michel até a incubadora, ele olhou aquela trouxinha de gente que perdia a batalha pela vida. Depois de alguns segundos começou a cantar: “Você é meu sol, o meu único sol, você me deixa feliz mesmo quando o céu está escuro...” Nesse momento o bebê pareceu reagir.
         A pulsação começou a baixar e se estabilizou. Karen encorajou Michel a continuar cantando. “Você não sabe, querida, quanto te amo, por favor não leve meu sol embora....” Enquanto Michel cantava, a respiração difícil do bebê foi tornando-se suave. Continue querido pediu Karen, emocionada.
         “Outra noite, querida sonhei que você estava em meus braços...” O bebê começou a relaxar. Cante mais Michel, a enfermeira começou a chorar. “Você é meu sol, meu único sol, você me faz feliz mesmo quando o céu está escuro... por favor não leve meu sol embora”
         No dia seguinte irmã de Michel já tinha se recuperado,em poucos dias foi para casa.
         Muitas pessoas chamaram essa historia de “O MILAGRE DA CANÇÃO DO IRMÃO”, os médicos chamaram simplesmente de “MILAGRE” Karen chamou de “O MILAGRE DO AMOR”.
         Nunca abandone aquele que você ama, o AMOR é incrivelmente poderoso.

                                                                 (Fato verdadeiro)